Confira as Novidades do Nosso Site VER OS FILMES

(21) 3557-8705

0

Federico Fellini: Anotações de Um Diretor | Anotações de Um Diretor - 1969

R$7,00

Fellini discute suas visões de fazer filmes e seus procedimentos pouco ortodoxos. Ele busca inspiração em vários lugares fora do caminho. Durante este filme, os espectadores vão com ele ao Colisseu à noite, em uma viagem de metrô pelas ruínas romanas, à Via Ápia, a um matadouro e em uma visita à casa de Marcello Mastroianni. Fellini também é visto em seu próprio escritório entrevistando uma série de personagens incomuns em busca de trabalho ou sua ajuda.

Ficha Técnica
Título no Brasil Federico Fellini: Anotações de Um Diretor | Anotações de Um Diretor
Título Original Block-notes di un regista | Fellini: A Director's Notebook
Ano de Lançamento 1969
Idioma Inglês
Legenda Português
Cores Colorido
Qualidade Sem Menu (DVD-Rip)
Gênero Documentário
Duração 52 Min. Aprox.
Direção Federico Fellini
Países de origem Itália
Elenco Ennio Antonelli, Caterina Boratto, Marina Boratto, Federico Fellini, Giulietta Masina, Marcello Mastroianni, Nino Rota, Alvaro Vitali
Curiosidades
Você Sabia? ** Eu me correspondia com uma sociedade televisiva americana. Na verdade, há algum tempo pensava em fazer alguma coisa para a TV, esta espécie de ponte mais delicada, mais íntima, mais pessoal entre o autor e o público. Embora quase não assistisse à TV, a presença deste olho acinzentado, escancarado dentro de casa, o olho de um animal extraterrestre, sempre me fascinou. Em resumo, eu queria tentar. [...] | ** Assim realizei “Block-notes di um Regista”, para dizer a verdade, com grande desenvoltura, como uma coisa que trazia comigo. Mas aquela aproximação, no bom sentido, aquela pressa, aquela leveza me haviam conduzido a um estado de ânimo de alegria. Parecia que eu andava rápido, sem um peso. [...] | ** O caráter do meio televisivo (uma relação mais íntima com o público) e, ao mesmo tempo, a lembrança daquela experiência impensada me convidavam a refletir sobre minhas possibilidades de testemunha, renunciando a projetar nas coisas saudades e pressentimentos. Sentia-me chamado a ver a realidade como ela é, sem tentar tornar visível o invisível. | ** Transcrito do livro “Fazer Um Filme”

Escreva um comentário

Nota: HTML não suportado.
    Ruim           Bom